Perguntas e Respostas

 

O que é a Roda de Matemática?

É uma escola de matemática para crianças de 5 a 12 anos que busca despertar o amor pela matemática desde cedo. Nossa inspiração são os círculos de matemática da Europa Oriental. A Roda é focada na resolução de problemas, pensamento lógico e na criatividade matemática, capacidades que a criança levará para a vida toda.

Valorizamos o entendimento e não a velocidade, a profundidade e não a quantidade de informações, o esforço e o processo e não a resposta em si. A aula é diferente: as soluções são construídas em grupo em um ambiente participativo e o erro é usado como ferramenta para aprofundar o entendimento. São assim nossas rodas de matemática.

 

Como são as aulas na Roda?

As atividades são desenvolvidas a partir da literatura de círculos de matemática e do trabalho de grandes matemáticos que também se dedicaram ao ensino de crianças. 

Cada aula é preparada pensando na melhor forma de engajar os alunos na solução dos problemas. Eles são os protagonistas e não o professor. Em grupos de até 8 alunos, as crianças constroem juntas o caminho entre o concreto e o abstrato. 

O processo é mais importante que a resposta final: o objetivo é que os alunos pensem e expressem seu raciocínio aos demais. Nas aulas da Roda as crianças fazem matemática de verdade, de forma lúdica e interessante. 

 

Quais os benefícios para o desenvolvimento dos alunos?

Entre tantos benefícios que um ambiente como o da Roda de Matemática pode proporcionar aos alunos, podemos destacar o desenvolvimento do raciocínio lógico, flexível e criativo; o desenvolvimento da capacidade de organização e comunicação de ideias, e o aprimoramento da capacidade de se relacionar interpessoalmente; por fim,  o fortalecimento da confiança na própria capacidade e o desenvolvimento do apreço pelo desafio e pelo esforço intelectual.

 

Para quem é o curso?

Acreditamos que todas as crianças podem aprender matemática. Desde que nascem, as crianças adquirem conceitos matemáticos de forma bastante natural. No momento certo, quando apresentadas de forma adequada, as crianças se divertem com as atividades desafiadoras e curiosas, que estimulam o raciocínio lógico. As habilidades de criatividade, flexibilidade e de soluções de problemas desenvolvidas desde cedo, são levadas para o resto da vida e usadas nas mais diversas áreas. Na Roda, nossas turmas são a partir dos 5 até os 12 anos.

A Roda de Matemática não é dirigida apenas às crianças que apresentam alguma dificuldade com relação à matéria. Pelo contrário, as crianças que gostam e demonstram facilidade com a matemática têm na Roda o ambiente perfeito para desenvolverem e aprimorarem suas habilidades.

 

O que são círculos de matemática e porque esse modelo é interessante?

Os círculos de matemática são encontros regulares de estudantes sob a liderança de um professor, com o objetivo de discutir problemas matemáticos. Os círculos são uma parte importante da cultura matemática da Europa Oriental onde existem há mais de um século em países como Russia e Bulgária, lugares de grande tradição e amor pela matemática.

O “currículo” dos círculos é baseado em problemas e normalmente não segue o currículo escolar. São ambientes de investigação intelectual que desenvolvem confiança, perseverança e a criatividade, fazendo matemática e aprendendo de forma ativa.

 

A Roda de Matemática vai ajudar meu filho a tirar boas notas na escola?

Sim. O desenvolvimento do raciocínio logico e da capacidade de resolução de problemas ajudam diretamente no desempenho em matemática e ciências. Além disso, a capacidade de construir argumentos lógicos, sem medo de enfrentar novas questões, será fundamental em outras matérias aparentemente não relacionadas como história e redação.

Nas últimas décadas, as pesquisas em neurociência mostraram que o cérebro é muito mais maleável do que se pensava (neuroplasticidade). Quando estimuladas, as áreas do cérebro responsáveis por essas habilidades tornam-se maiores e mais densas. Além disso, quando instruídos sobre essa capacidade, os alunos gastam mais tempo sobre um assunto antes de desistir, aceitam melhor os erros e valorizam o “trabalho duro” como estratégia de superação de desafios.

Referência: Carol Dweck, "Mindset", 2012.