Ansiedade matemática

Revista Crescer: 6 dicas para ajudar seu filho a perder o medo de matemática

A Revista Crescer fez uma matéria sobre a ansiedade matemática, que crianças cada vez mais novas começam a ter. Ligia Zorzo, nossa co-fundadora, contou sobre o ambiente seguro que criamos na Roda, onde as crianças podem se arriscar e saber que o erro é nosso amigo. A seguir um trecho da matéria:

6 dicas para ajudar seu filho a perder o medo de matemática

Por Aline Dini - 01/04/2019

Seu filho fica apavorado só de pensar no dia da prova de matemática? Certamente ele não está sozinho. Um estudo feito com 2.700 crianças inglesas e italianas, de até seis anos, publicado no ano passado pelo Centro de Neurociência em Educação da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, mostrou que até mesmo os alunos com boa capacidade para a matemática apresentavam comportamentos de ansiedade no período de testes. Medo, raiva e até desespero caracterizam a chamada “ansiedade matemática”, que influencia diretamente nas emoções e na capacidade de desenvolvimento da criança em relação à disciplina.

E o pior é que isso cria um círculo vicioso, em que quanto mais ansiosa a criança fica, pior é sua capacidade com os números. Foi pensando em como tornar a disciplina mais atraente para os próprios filhos, Clara, 8, e André, 6, que a coordenadora pedagógica Ligia Zorzo, se tornou co-fundadora da Roda de Matemática. A proposta do método é que o professor se reúna com crianças de 5 a 12 anos em pequenos círculos para discutir desafios matemáticos diversos. “A ideia dos círculos é possibilitar que essas crianças experimentem um ambiente mais científico para explorar. O professor troca seu papel de ensinante pelo de provocador e observador ativo. Os erros são encarados como parte importante do processo e o aluno não é valorizado pela velocidade da resposta. Valorizamos o processo e não as respostas”, conta.

Leia aqui a matéria completa.